BLUEBERRY

A blueberry é uma pequena fruta originária América do Norte, desde o sul dos Estados Unidos até o leste do Canadá. No Brasil é cultivada na região Sul com o nome de mirtilo, e a sua coloração azul arroxeada lembra a jabuticaba. De sabor exótico (doce-ácido), ganhou destaque devido as suas propriedades medicinais, sobretudo pelo seu elevado teor de antocianinas, pigmento de origem vegetal, conferindo-lhe os títulos de “fruta da juventude” e “fonte de longevidade”. Contém muitos nutrientes que trazem incontáveis benefícios ao nosso organismo, estando no topo dos alimentos com maior teor de antioxidantes existentes. Possui um elevado conteúdo de polifenóis tanto na casca quanto na polpa, os quais têm funções de proteção sobre as paredes das células. Esta fruta tem o poder de prevenir infartos, problemas cardíacos, câncer e vários tipos de infecções, além de prevenir envelhecimento. A blueberry também reduz a taxa de açúcar no sangue, neutraliza os radicais livres, mantém a saúde dos olhos e diminui o colesterol ruim. Possui propriedades adstringentes, anti-inflamatórias, antioxidantes, anticancerígenas e antibacterianas.

PRINCIPAIS NUTRIENTES:

É uma fruta riquíssima em antioxidantes (bio-flavonoides -especialmente as antocianinas -, que lhe dão a típica cor azulada) e sais minerais (zinco, potássio, cobre, magnésio, ferro, manganês e fósforo). A blueberry também contêm vitaminas do complexo B e vitaminas A, C, E, fibra solúvel e insolúvel, como a pectina. Contém, ainda taninos, açúcares, riboflavina, resveratrol, ácidos cítrico, málico e tartárico, além de possui baixo teor de gordura.

endo tão benéfica ao organismo humano devido a sua riqueza antioxidante, sendo inclusive obrigatória na dieta dos astronautas da NASA, torna-se interessante mostrar e descrever algumas razões para se consumir essa poderosa frutinha azul e, tenha certeza, seu organismo agradece:

BENEFÍCIOS DA BLUEBERRY

1. Antioxidante: Dada a grande variedade de nutrientes presentes nessa fruta, vários estudos realizados mostram que a blueberry é uma das frutas estudadas atualmente que mais contêm antioxidantes, razão pela qual exercem atividades biológicas e funções sobre a saúde, como a prevenção de algumas doenças crônicas, doenças cardiovasculares, cerebrovasculares, aterosclerose e o diabetes assim como doenças degenerativas, como o Alzheimer. Os pesquisadores dessa fruta atribuíram esses benefícios aos compostos naturais encontrados, principalmente às antocianinas.

2. Ajuda na redução de gordura abdominal: Essa fruta com poucas calorias (em cada 100 gramas apresenta apenas 32 calorias), sem sombra de dúvidas, torna-se uma forte aliada nas dietas de emagrecimento. Estudos realizados pela Texas Woman’s University, nos Estados Unidos, indicam que o uso regular da blueberry ajuda a eliminar a gordura abdominal, graças aos polifenóis existentes em sua composição, que conseguem inibir a obesidade. Portanto, quanto maior o consumo da fruta, maior é a redução das células de gordura.

Reduz o colesterol: Estudos realizados nos Estados Unidos revelaram que a ingestão de blueberry pode diminuir os níveis mau colesterol (LDL). Os pesquisadores supõem que isso ocorre porque a fruta melhora a função hepática, fazendo com que o colesterol ruim seja varrido para fora da circulação muito mais facilmente.

4. Previne o envelhecimento precoce: Devido a sua grande quantidade de antioxidantes, como o resveratrol, na sua composição, a blueberry é capaz de neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento, causados pelo estresse, poluição cigarro, produtos químicos, entre outros, que provocam flacidez e rugas na pele.

5. Melhora a Memória e a Coordenação motora: A fruta protege o cérebro dos efeitos de deterioração cerebral associados à doença de Alzheimer. Estudos têm evidenciado que o consumo da blueberry pode prevenir o declínio cognitivo durante o envelhecimento. Um destes estudos foi realizado com 70 idosos voluntários por pesquisadores dos Estados Unidos e Canadá e publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, da Sociedade Química Americana, anunciando que suco de dessa fruta faz bem para a memória de adultos idosos. Segundo os pesquisadores, os resultados desse estudo levam a crer que a blueberry pode vir a ser benéfica não só para a melhoria da memória, mas também para reduzir ou retardar o aparecimento de outros problemas cognitivos, frequentemente associadas com o envelhecimento, como a perda de memória.

6. Visão: Estudos científicos têm sugerido que a blueberry previne doenças relacionadas à visão, como catarata e glaucoma, melhorando a capacidade de leitura e o foco da visão. As antocianinas presentes na fruta têm a capacidade de evitar ou reverter o problema, aumentando a capacidade visual. Se você tem o hábito de ler muito, passar horas em frente ao computador, enfim “cansar suas vistas”, procure tomar o suco dessa fruta e veja os resultados.

7. Ação anticâncer: Várias pesquisas com a blueberry estão sendo focadas em benefícios anti-câncer, considerando ser esta fruta fonte de ácido elágico e polifenóis, componentes que estimulam os mecanismos de eliminação de substâncias cancerígenas.

8. Ação anti-inflamatória e proteção celular: Um estudo publicado no Journal of Nutrition em 2009 concluiu que a blueberry tem ação de proteção celular e anti-inflamatória, proporcionando benefícios ao metabolismo no combate às patologias associadas à obesidade.

9. Previne e trata doenças do Aparelho urinário e digestivo: Estudos recentes sugerem que a blueberry, ajuda a prevenir e a tratar infecções no trato urinário, como a cistite. Tem o poder de aliviar sintomas de infecções urinárias e renais, impedindo a fixação e o desenvolvimento da E. Coli, bactéria responsável por infecções. Por ser rica em fibras e possuir propriedades antissépticas, pode aliviar inflamações do aparelho digestivo e regular o trânsito intestinal, contribuindo para o tratamento e prevenção da colite, diarreias e gases intestinais.

10. Promove a Saúde Cardiovascular: O resveratrol presente na blueberry ajuda a prevenir processos oxidativos que levam a formação de aterosclerose, o que favorece também o fluxo sanguíneo. Além do mais, conforme publicado em janeiro de 2013 no periódico Circulation, o consumo regular (3 vezes na semana) de blueberry pode diminuir o risco de ataques cardíacos em mulheres. Para os pesquisadores esse resultado deve-se ao fato dessa fruta oferecer grande quantidade de flavonoides, compostos com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, protegendo a saúde cardiovascular. A antocianidina também pode contribuir na redução da formação de placas de aterosclerose, o que favorece também o fluxo sanguíneo.

11. Regulação da glicemia. Devido ao seu baixo índice glicêmico, a blueberry contribui na regulação da glicemia (açúcar do sangue).

2. Reduz riscos de Diabetes tipo 2: Essa frutinha desempenha um papel importante na dieta de quem tem Diabetes, vez que reduz a taxa de açúcar no sangue. Um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos afirma que consumir blueberrry regularmente pode ajudar a reduzir o risco de diabetes tipo 2. Segundo os autores desse estudo, alguns tipos de flavonoides presentes em grande quantidade nessa fruta pode estar por trás de seu efeito benéfico sobre o risco de diabetes.

13. Promove a Longevidade: Devido ao seu alto teor de antioxidantes, contribui para que o sistema imunológico fique mais saudável, deixando o organismo mais resistente contra doenças e infecções. É por si uma fruta com enorme potencial. Pelos benefícios que o consumo desta fruta possui para a saúde, tornou-se conhecida como fruta da longevidade.

Como se não bastasse tantos benefícios que proporciona para a nossa saúde, essa pequena fruta ainda oferece grande contribuições à beleza do nosso corpo e do nosso cabelo. Tanto é que a indústria cosmética tem investido em produtos desenvolvidos a partir do extrato da blueberry. Para os cabelos estão disponíveis no mercado shampoo, condicionador, reparador de pontas, loção capilar e creme sem enxague. Para o corpo tem-se opções de cremes, esfoliantes, gel de banho, sabonete líquido, sais espumantes e loção hidratante, que deixam a pele com a textura aveludada, com aparência muito mais jovem e bonita. Além de perfumes de grandes marcas da indústria cosmética.

Como consumir: A blueberry é utilizada de diversos modos, como in natura, ou após processamento por congelamento, desidratação, em sucos, licores, geléias, caldas ou adicionado a iogurtes, sorvetes, tortas, cremes e cereais. Sugerimos consumi-la no desjejum acompanhando cereais ou salada de frutas.

Contra Indicação: pessoas alérgicas ao ácido salicílico, presente na aspirina, devem evitar consumir a blueberry, uma vez que essa fruta possui alto teor dessa substância. Da mesma forma, pessoas acometidas por gastrite ou úlceras gastroduodenais devem evitar o uso da fruta.

Quantidade recomendada: A recomendação é consumir de 30 a 50g diárias. Todavia, o nutricionista deve ser consultado para determinar a quantidade diária adequada.

Onde encontrar: Devido a dificuldade de adquirir essa fruta na sua forma fresca, o ideal é buscar alternativas que nos levem a encontrar produtos e suplementos que contêm com a frutinha na composição. O mercado oferece opções de sucos, capsulas e farinhas que podem ser ingeridos diariamente para que os benefícios sejam usufruídos. A versão congelada conserva a ação antioxidante da fruta, podendo ser consumida durante o ano todo.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*